domingo, 21 de abril de 2013

A pílula da juventude


Se fosse possível criar uma pílula de ATP, seríamos imortais. Mas às vezes, viver para sempre não faz sentido quando o que se quer, não é ter vida, e sim juventude eterna. Como morrer com uns cem anos de idade, sem nunca ter tido um fio de cabelo branco, ou a pele flácida e rugosa. Jazer velho pelo tempo que se passou, mas com a carcaça do corpo e a mente que o guia novíssimos.
Levou alguns anos. Um cientista não descobre nada da noite para o dia. São meses, anos de pesquisas na grande maioria das vezes. Demorou. Todavia, eu descobri a fórmula da juventude, como havia prometido. Seria inútil contar tudo que continha na pílula que desenvolvi para ser tomada uma única vez, na idade que fosse conveniente para a pessoa que queria parar de evoluir em tal idade. Porque o erro, já esteve à venda.
Por ironia, meu melhor amigo, um jovem saudável, forte, de cabelos negros, era uma criança num corpo de 20 anos. Quando lhe contei sobre minha invenção, foi como se ele estivesse em uma sala de aula no jardim da infância, levantando energicamente as mãos para ajudar a professora querida com uma experiência de sala. Foi meu cobaia. Cinco anos se passaram, e nada nele havia mudado fisicamente. Isso vinha me dizer, que se uma criança de dez ou cinco anos que fosse tomasse a pílula, teria o mesmo efeito.  Foi aí que percebi que deu certo.
_Roger, sua fórmula é genial. – Meu psicólogo fez uma breve pausa, olhou para baixo e depois em meus olhos. – E inadequada. – Concluiu.
_ Eu só queria realizar o sonho de alguns, e fazer muitos filhos felizes.  – expliquei triste. – E agora, estou sendo processado por alguns pais.
_ Entendo. – Ele disse calmamente. – Mas parou para pensar que assim, privaria muitas crianças de nascerem? Olhe para as três crianças que engoliram inocentemente sua pílula por descuido dos pais que a obtiveram. Você acha que aquela garotinha de quatro anos tem estrutura corporal para ser mãe algum dia?
Baixei os olhos e passei a mão por meus cabelos, transtornado. Eu havia feito uma descoberta incrível que poucos conseguiriam, mas não pensei nas conseqüências ruins que poderiam surgir. Então, vendo que eu não dizia nada, o Doutor Carlos questionou:
_ Quando você teve essa ideia? E por que ela surgiu?
Uma lágrima rolou pelos meus olhos. E eu não poderia omitir.
_ Quando soube pelo meu pai que minha mãe faleceu ao ter-me, aos dezessete anos. E eu prometi a ele, que quando crescesse, seria o primeiro cientista do mundo a descobrir uma fórmula para eternizar a juventude. E fiz isso pensando nas mães de outras crianças, tão jovens, que morriam no parto deixando seus filhos sem a chance de um dia verem seus rostos.
Notei que ele se comoveu com o fato. Mas me deu a principal dica da minha vida.
_ A natureza nos dá bens e tira quando quer, Roger. É a lei dela, e não podemos controlá-la. Descobertas como ser imortal, ser jovem eternamente, são coisas que alteram o ciclo natural da vida. Envelhecer, assim como morrer, é preciso. Os mais velhos precisam cuidar das crianças, e estas precisam crescer para depois cuidar de quem as cuidou antes, porque esses envelhecerão mais. E depois precisam morrer, para que outros nasçam e comecem tudo de novo.
Realmente atrapalhei a ordem natural das coisas, e reconheci isso no instante em que o Doutor Carlos clareou minha mente, antes conturbada sem entender o motivo de o meu nome estar num tribunal. Pelo menos só quinze pessoas da minha pequena cidade ingeriram minha fórmula, que por sinal, era caríssima. Quando acabou meu tempo, levantei-me da cadeira, e rumei para casa, desesperado, tentando alcançar um meio de reverter o caos terrível que eu havia iniciado. Eu tinha que dar um jeito, pelo bem da humanidade. Nem que fosse tentar até morrer, grisalho e de pele flácida e rugosa. Porque a fórmula da juventude, está mesmo em nossas mentes e, ser jovem mesmo na velhice, só depende de nós. Uma pílula para isso não deveria existir. Então dei um fim para sempre nas que criei, sem deixar vestígios de como as fiz.

Um comentário:

Andressa Pereira disse...

Espirito jovem é o segredo para tudo.
90 anos biológicos, e uma idade mental de 25 faz toda a diferença.

Identidade Aleatória